Caixa facilita acesso do trabalhador ao crédito

Equipe Prestum
Quarta-feira, 4 Janeiro, 2012
Caixa facilita acesso do trabalhador ao crédito

Convênio com central sindical beneficiará 5 milhões de empregados com consignado

Rio - Cinco milhões de trabalhadores poderão ser beneficiados com empréstimo consignado — parcelas descontadas no contracheque —, a juros a partir de 1,87% ao mês e prazo de até 48 meses para pagar. A medida faz parte do convênio assinado ontem entre a Caixa Econômica Federal e a UGT (União Geral dos Trabalhadores). No Estado do Rio, 2 milhões de pessoas terão acesso ao crédito em condições especiais.

Para ter direito, é preciso que o sindicato do trabalhador seja filiado à UGT. No Rio, são 88 categorias, como rodoviários dos municípios do Rio, Nova Iguaçu e Macaé, Guarda Municipal do Rio, pessoal de asseio e conservação, comerciários e operários da construção pesada. É preciso ter pelo menos seis meses de carteira assinada. No País, são 886 entidades sindicais filiadas à UGT.

A concessão do empréstimo somente será liberada após assinatura do convênio de consignação em folha de pagamento entre a Caixa e os empregadores. Pelo modelo, o banco oferece vantagens tanto para empresas quanto para os empregados. Entre elas, a simplificação do processo de concessão do empréstimo e as taxas de juros menores. Atualmente, na linha, o percentual varia de 2,25% a 2,28% ao mês.

Os empréstimos poderão ser contratados com prazos de um a 48 meses, de acordo com a capacidade de pagamento do trabalhador. Para o vice-presidente de Caixa, Carlos Borges, a parceria tem relevante importância social, porque permite o acesso ao crédito em condições mais favoráveis aos empregados. A cerimônia, realizada em São Paulo, contou com funcionários da Caixa e o presidente da UGT, Ricardo Patah.

VALORES E CONDIÇÕES

R$ 1 BILHÃO

A Caixa tem mais de 30 anos de experiência no crédito consignado. Em 2010, o banco emprestou uma média mensal de R$ 1 bilhão na modalidade. A instituição tem cerca de 25 mil convênios ativos em mais de 29 mil cadastrados.

APOSENTADO

Se o beneficiário for aposentado ou pensionista por tempo de serviço pelo INSS, a folha de benefícios deverá estar a cargo do ex-empregador, com contrato de trabalho de duração superior ao prazo previsto para quitação da dívida.

Mais lidas

em Infoprestum

1
Como cancelar o débito automático?
03/03/2014
2
Conheça os tipos de danos cobertos pelos seguros de carro
11/06/2012
3
Como desbloquear cartão de crédito?
26/02/2014
4
5 mitos do dinheiro fácil
11/12/2013
5
O que é melhor, empréstimo ou cartão de crédito?
06/02/2012
6
Saiba como declarar consórcios no IR 2013
26/02/2013
7
Dúvidas sobre cheque?
31/01/2014
8
Dúvidas sobre a cobertura de um seguro de carro
13/06/2012
9
Dúvidas comuns sobre a poupança
31/01/2014
10
Quando começa a valer o seguro de um carro
19/06/2012
 

Enviar um comentário

 
Quero receber notícias deste site